OPEN A NEW MIND. RESET YOUR IDEAS.

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Pinterest

RODRIGO ALARCON

Atualizado: há 5 dias

Lança primeiro álbum e filme “Rivo III e a fé” através do selo Taquetá. Produzido por Niela Moura e pelo próprio Rodrigo, o debute é inspirador, moderno e com letras e arranjos impactantes.

Costuma-se dizer no meio que um álbum de estreia merece toda dedicação e capricho por parte do artista. E provavelmente Rodrigo Alarcon ouviu isso entre as andanças por palcos e estúdios em muitos anos vivendo a deusa música. Prova disso é “Rivo III e a fé”, primeiro disco que o cantor e compositor paulistano lança através do selo Taquetá. Produzido por Niela Moura e pelo próprio Rodrigo, o debute é inspirador, moderno e com letras e arranjos impactantes.


Um filme dirigido por Rodrigo narra toda a história do álbum. Através de Rivo, personagem principal da saga vivido pelo cantor, a série de clipes traz metáforas, humor e cenas que conversam diretamente com cada acorde. “A matéria prima de toda a obra foi o disco, logo o filme vem para servi-lo. Rivo III e a fé, conta a história de Rivo vivendo seu dia a dia em uma São Paulo de 2021. Cada faixa do disco é um capítulo dessa história. O enredo lírico e visual narra os amores, angústias, consolações e busca por equilíbrio vividas por Rivo numa cidade que grita o tempo que vive”, conta Rodrigo.


Ele ressalta que esteticamente o álbum traz o resultado de anos de estudo em parceria com Niela, somado à bagagem, que o músico Pedro Altério carrega consigo e que transborda em sua arte. “O disco soa de uma forma muito atual dentro de um cenário pop brasileiro.


E pra falar de música pop brasileira não tem como não passar por Gilberto Gil, Rita Lee, Erasmo Carlos, Lulu Santos. Todos elementos essenciais para que o álbum tomasse a forma que tem”, acredita.

As referências entregam que Rodrigo faz um som moderno e fincando na essência da música popular brasileira. “Gosto do termo ‘Pós MPB’. Ouvi ele pela primeira vez da boca de Ana Frango Elétrico e acho que se aplica muito bem a toda uma gama de novos artistas da atual música pop brasileira que flertam com o que já foi feito pelos mestres da MPB”, justifica.


Seja pelo som, pela imagem ou pelo impacto das letras, “Rivo III e a fé” tem tudo para consolidar Rodrigo Alarcon como um dos principais expoentes da nova cena brasileira. Apesar de já vir demonstrando sua força artística nos shows lotados e nos vídeos da internet com milhares de views é com este álbum que o cantor tem tudo para ganhar ainda mais o público e o respeito da crítica.

Sobre o artista: Rodrigo Alarcon é um cantor e compositor paulista de 28 anos que vem construindo carreira na ‘Nova MPB’ desde 2015, quando lançou seu primeiro trabalho autoral no YouTube, “O Lado Vazio do Sofá”. Hoje, após lançar seu EP de estreia em 2018, a faixa já ultrapassa 5 milhões de plays no YouTube, juntamente aos 120 mil inscritos em seu canal. No Spotify, o EP “Parte” já acumula mais de 15 milhões de plays e Rodrigo ultrapassa os 500 mil ouvintes mensais na plataforma. Atualmente lançou seu primeiro álbum “Rivo III e a fé”.



FOTOGRAFIAS DE FERNANDA TINÉ

Acompanhe o Rodrigo Alarcon nas plataformas digitais de música e redes sociais.