OPEN A NEW MIND. RESET YOUR IDEAS.

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Pinterest

Banda transatlântica, Kosmik Band lança primeiro single do álbum Tudo Está Bom

De influências intercontinentais, a Kosmik Band apresenta a faixa que leva o mesmo título do disco e abre caminho para projeto autoral.

Com integrantes oriundos da Argentina, Brasil e Espanha, cada um com larga experiência nos palcos de países como Índia e Estados Unidos, o grupo Kosmik Band prepara-se agora para verter as suas canções cantadas em disco: o álbum de estreia será lançado em dezembro, e Tudo Está Bom, sua faixa-título, estará disponível a partir de amanhã (30 de setembro), faça agora o PRE SAVE.


Assista ao visualizer agora.



A Kosmik Band é composta pelo guitarrista e produtor Enzo Buono e a vocalista La Charo, ambos argentinos, o vocalista brasileiro Nanan e o guitarrista espanhol ganhador do Grammy Latino Diego “Twanguero” García. Juntos, criam uma fusão musical e espiritual dos mantras do mundo, ritmos africanos e grooves latinos.


Evocando a inspiração da banda em melodias de canções folclóricas à guitarra e cantares ancestrais do mundo, Tudo Está Bom é uma ode à alegria de estar vivo, entoada pelos cânticos bilíngues dos vocalistas Nanan, em português, e La Charo, em espanhol.



Escrita pelo fundador e guitarrista do grupo, Enzo Buono, em parceria com o músico congolês Mermans Mosengo, em Kinshasa, o tema “foi influenciado pela melodia de uma canção tradicional do Congo, que trabalhámos para transformar nesta música original”, diz Enzo. Já a letra, acrescenta, fala sobre “a alegria única” que lá encontrou.


O músico explica que “estar em Kinshasa e ver que as pessoas carregam tamanha alegria é único e muito inspirador”. O sentimento – evocado também pela referência aos elementos naturais, como as árvores, o vento e o oceano – é musicado por uma mescla de rumba congolesa e folk sul-americano. A tradução em português do tema foi assinatura do compositor brasileiro Nanan.


Tudo Está Bom é o primeiro lançamento do disco da Kosmik Band, que tem o mesmo nome do primeiro single e se trata de uma coleção de canções que relembram os laboratórios sonoros que os integrantes experienciaram enquanto membros da Playing For Change, instituição internacional de solidariedade social através da gravação e ensino de música.


Tudo Está Bom, o primeiro disco dos Kosmik Band, tem lançamento previsto para o mês de Dezembro.



Trajetória da banda: O embrião do grupo surgiu pela primeira vez na década de 2000, momento em que Enzo, inspirado por um retiro espiritual que frequentou na Índia, desafiou-se a transformar os mantras “lentos e contemplativos” que aprendeu “em algo que as pessoas pudessem dançar”.


Dessa missão nasceu, em 2009, um projeto, inicialmente chamado La Oneness Band, que cruzava a transcendência indiana com os sons das latitudes que descobriu enquanto produtor da Playing For Change, instituição de ação social através da música com a qual viajou a países como a República Democrática do Congo, a Jamaica, Cuba, o Senegal ou o Mali.


Depois de conhecer Nanan, em 2018, não demorou muito a descobrir ali um novo grupo: à identidade sonora que Enzo vinha recolhendo pelo mundo fora, Nanan veio acrescentar “o toque mágico brasileiro” e aprofundamentos na espiritualidade universalista.


O álbum de estreia, Tudo Está Bom, foi batizado em português como “um tributo a este encontro cósmico com Nanan”, que, diz Enzo, “revitalizou o grupo”. A Kosmik Band ficaria completa com La Charo, a mais recente integrante, cuja estreia em palco está prevista para este ano.



SOBRE A KOSMIK BAND:


Enzo Buono nasceu em Buenos Aires, mas vive em Los Angeles desde 1991, onde, como bandleader, abriu espetáculos de Peter Frampton, Tito Puente ou Célia Cruz. Como produtor, assinou 16 discos na Índia, com cuja cena musical mantém ligação forte, e trabalhou com a Playing For Change, com a qual promoveu o desenvolvimento sociocultural em diversos países através da música, percorrendo dezenas de países e colaborando com artistas como Bono, Manu Chao, Jackson Brown ou Tinariwen.


Nanan é músico, ambientalista e professor. Com o álbum Movimento: Manifesta Sentimento (2019), atingiu reconhecimento mundial através do single Casa da Floresta. A tour do disco passou por países da América do Sul e da Europa, levando uma música que respira organicidade e espiritualidade. Atualmente, faz parte de um trio com os cantautores brasileiros Gustavito e Luizga, com o qual prepara o lançamento do disco O Destino do Clã.


Twanguero é Diego García, guitarrista espanhol internacionalmente destacado pela sua sonoridade e estilo de dedilhado característico. Operando na intersecção entre o folk americano, o flamenco e o tango, editou sete discos em nome próprio – The Brooklyn Session (2011), Argentina Songbook (2013), Pachuco (2015), Carreteras Secundarias, Vol. 1 (2017), Electric Sunset (2018) e Carreteras Secundarias, Vol. 2 (2022) – e tocou durante anos com o aclamado músico argentino Andrés Calamaro. Pelo seu trabalho com o cantor Diego El Cigala, é detentor de um Grammy Latino.


La Charo é Charo Bogarín, artista argentina multidisciplinar de ascendência indígena cuja carreira se tem focado na valorização do legado folclórico do seu país e defesa dos seus “povos originários”. Além de ter integrado diversas longas-metragens como atriz, atua como parte da dupla Tonolec, com que editou sete discos desde 2005, e a solo, tendo lançado em nome próprio os discos La Charo (2018), Legado (2019) e, mais recentemente, Formoseña (2022).


Acompanhe a KOSMIK BAND nas plataformas digitais de música e nas suas redes sociais.