OPEN A NEW MIND. RESET YOUR IDEAS.

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Pinterest

UM MANTRA FEITO PARA DANÇAR: FESTA TEMPESTADE LANÇA “MEXE”, SEGUNDO SINGLE DO DUO

Atualizado: 21 de jun.

Com lyric video ilustrado, Zé Ferraz e Guilherme Tieppo mostram um lado mais dançante de sua obra.

O duo paulistano Festa Tempestade, formado por Zé Ferraz (baixo, violão, vozes, percussão) e Guilherme Tieppo (pianos/sintetizadores, violão/guitarra, vozes, percussão), lançou “Mexe”, o segundo single de sua carreira. Com uma sonoridade crua e percussiva, a música se mostra como um mantra dançante desde o segundo inicial. O lyric vídeo, assinado pela dupla, apresenta para o público essa atmosfera.


’Mexe’ é uma música que expressa muito daquilo que nos inspira e também mostra um lado mais dançante da nossa obra. É como se o Festa Tempestade te convidasse a remexer cintura e sentimentos, encarando as dúvidas da vida de um jeito leve e natural”, diz Zé Ferraz.


É um mantra percussivo que tenta levar o ouvinte a um lugar onde as certezas absolutas se tornam questionáveis e a reflexão passa a ser o principal objetivo. ‘Mexe’ ilustra a busca de uma maior consciência de si mesmo, que muitas vezes é dolorosa”, completa Tieppo.


O lyric video


Muito além da música, o Festa Tempestade também tem o cuidado com a estética que envolve o seu projeto. Do figurino à direção de arte, tudo o que é apresentado para o público é conceituado em torno dos estados de Festa e Tempestade vividos pelos artistas diariamente.


“Seguindo a estética binária e a estrutura visual que estabelecemos no lyric video de ‘Vale’, no lyric de "Mexe" trouxemos cores e elementos que traduzem a música e conversam com o conceito de Festa Tempestade de uma forma mais sensorial. Por algum motivo, sempre enxergamos esse som através da cor vermelha, talvez pelo aspecto instrumental mais cru ou pelo fato de o vermelho sintetizar a energia que o ritmo da música impõe. Nos lados da composição, a luz e a escuridão são representadas de maneira doce e descompromissada através do anjo e do diabo, convidando o espectador a ‘mexer pra lá e pra cá’ os sentimentos inevitáveis”.

FICHA TÉCNICA

Música

Composição: Ferraz/Tieppo

Baixo / Vocal: Zé Ferraz

Piano / Violão / Sintetizadores / Vocal: Guilherme Tieppo (Chimpa)

Percussão: Márcio Brasil, Kainan do Jêje e Citnes Dias (técnico)

Flauta: Daniel Gonçalves

Arranjo de cordas: Conrado Goys

Violinos: Heitor Fujinami, Edgar Leite, Adriano Mello, Fábio Brucoli, Francisco Krug

e Wellington Rebouças

Cello: Teresa Catto

Viola: Eduardo Cordeiro Jr.

Técnico de gravação: Rodolfo Duarte, Fernando Sanches e Lucas Rechtman

Mixagem: Felipe Arêas e Pedro Garcia

Masterização: Ricardo Garcia (Magic Master)


Lyric Video

Direção Criativa: Festa Tempestade

Direção de arte: Zé Ferraz

Motion design: Eduardo Oliveira

Ilustração: Fábio Vido


SOBRE FESTA TEMPESTADE: O duo paulistano é formado por Zé Ferraz (baixo, violão, vozes, percussão) e Guilherme Tieppo (pianos/sintetizadores, violão/guitarra, vozes, percussão), expõe um universo autointitulado “Tropical Disco” ao misturar o espírito latino e brasilidade com a atmosfera das discotecas dos anos 70 e 80. Tais referências não se resumem apenas na sonoridade, mas também estão presentes na estética e no comportamento da dupla. O nome, Festa Tempestade, manifesta o contraste diário entre alegria e tristeza e propõe a possibilidade de aceitação desse ritmo como parte natural da vida. “A tristeza que balança e a melancolia que vem sempre cheia de esperança”, como definem. E isso se reflete muito nas músicas desenvolvidas pelos artistas: um mix dançante e animado com um tom doce e sentimental. Os singles “Vale” e “Mexe” foram apresentados para o público no primeiro semestre de 2022 e fazem parte do seu primeiro álbum, Festa Tempestade, que será lançado no mesmo ano.



Acompanhe o FESTA TEMPESTADE nas plataformas digitais de música e redes sociais.

ASSESSORIA DE IMPRENSA:

ALETS COMUNICAÇÃO


FOTOGRAFIA DE NAIRA MATTIA E ISABELLA OLIVEIRA RECHTMAN