top of page

OPEN A NEW MIND. RESET YOUR IDEAS.

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Pinterest

“DUETOS, A Comédia de Peter Quilter”, agora com Eduardo Moscovis no palco com Patricya Travassos

Vista por mais de 40 mil pessoas pelo país em turnê sucesso de público e aclamada pela crítica, peça dirigida por Ernesto Piccolo faz temporada no Teatro FAAP, em Higienópolis, a partir de 04 de agosto, marcando a entrada do consagrado ator no elenco.


DUETOS”, peça do premiado dramaturgo britânico Peter Quilter, inicia uma nova fase. Em cartaz pelo Brasil com direção de Ernesto Piccolo, o espetáculo passa a contar em seu elenco com ninguém menos que Eduardo Moscovis, que dividirá o palco com Patricya Travassos, após longa parceria da atriz com Marcelo Faria, em São Paulo. A estreia será no Teatro FAAP, em Higienópolis, a partir de 04 de agosto, sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 18h, até 29 de outubro. A turnê, já assistida por mais de 40 mil pessoas, percorreu, com lotações esgotadas, Rio de Janeiro, Curitiba, Niterói, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília e Fortaleza.

Encenado em mais de 20 países e traduzida para 10 idiomas, o texto de Quilter examina e retrata de forma cômica o mundo caótico dos relacionamentos modernos, onde a grama do vizinho é sempre mais verde que a nossa, através de quatro histórias de uma mulher e um homem - não necessariamente casais - às voltas com seus próprios desejos e traumas em busca do amor, e enfrentando a solidão. A sua primeira montagem no Brasil é apresentada e patrocinada pela Brasilcap, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com produção geral e realização da Inova Brand.


As quatro histórias:

ENCONTRO ÀS CEGAS: Jonathan e Wanda marcam um encontro através de um aplicativo de relacionamento. Ambos se esmeram para agradar, mas nada sai como o esperado. Eles esperam desta vez acertar.

QUASE CASADOS: Jane prepara uma festa de aniversário para seu chefe, Ary. Ele não se interessa por mulheres, mas ela não vê isso como empecilho para um possível casamento. A esperança é a última que morre.

DIVÓRCIO AMIGÁVEL: Shirley e Beto decidiram passar férias na Espanha para finalizar seu divórcio. Enquanto se afogam nos drinques, vão entendendo que estão longe de ser o ex-casal bem resolvido que pensavam.

MAIS UMA VEZ NOIVA: Angela está se casando pela terceira vez, para desgosto de seu irmão Tobias. Pouco antes da cerimônia, uma sucessão de incidentes a leva a crer em mau presságio. Confusa, não sabe mais se quer casar.


A montagem: O cenário de J.C. Serroni apresenta, em cada lateral do palco, um camarim onde atriz e ator farão, às vistas do público, suas trocas de roupa para cada cena. As próprias trocas são pequenas cenas individuais. De acordo com a luz, estes camarins estarão ora visíveis, ora invisíveis. Os demais elementos serão mudados a cada cena. Os figurinos são de Claudio Tovar, a iluminação de Aurélio de Simoni e a trilha sonora de Rodrigo Penna.


A peça, na sua essência, fala de solidão mesmo, e de uma forma muito divertida. Das relações mais diversas que o ser humano experimenta para tornar a solidão menos dolorosa. São os encontros às escuras; a secretária e o patrão que têm uma relação de amor em que só não casam, não transam; o casal que vai separar, vai experimentar a solidão, mas não consegue; e, por fim, a noiva que está casando pela 3ª vez, e dá tudo errado. É uma lente de aumento, uma sátira dessas situações - conta o diretor Ernesto Piccolo.


Eu amo comédia. Adoro assistir e adoro fazer comédia. E ter quatro histórias na mão é muito divertido. Quatro personagens, quatro pensamentos, quatro carências, quatro caracterizações. Está sendo muito rico para mim. Estamos chegando a lugares muito divertidos e ao mesmo tempo muito profundos - apesar de engraçados, os personagens falam de emoções muito humanas. Precisamos rir, mais do que nunca. Precisamos ir ao teatro - afirma Patricya.


Peter Quilter é um ótimo autor inglês. Sua peça “End of the Rainbow”, sobre a vida de Judy Garland, foi adaptada para o filme vencedor do Oscar de 2020, “Judy”. A qualidade dramatúrgica de Duetos é impressionante. Ele retrata 4 situações de relacionamentos absolutamente hilárias e próximas às nossas vidas – destaca Moscovis.



Ficha técnica:

Autor: Peter Quilter

Direção: Ernesto Piccolo

Elenco: Patricya Travassos e Eduardo Moscovis

Cenário: J.C. Serroni

Figurino: Claudio Tovar

Iluminação: Aurélio de Simoni

Trilha Sonora: Rodrigo Penna

Preparação Corporal: Daniella Visco

Tradução: João Polessa Dantas

Adaptação do Texto: Patricya Travassos e Ernesto Piccolo

Direção de Arte Gráfica, Foto e Vídeo: Mauricio Tavares

Assessoria de Imprensa: Carlos Pinho

Registro Fotográfico: Douglas Jacó

Direção de Produção: Sérgio Lopes

Coordenador do Projeto: Mauricio Tavares

Coordenador de Produção: Filomena Mancuzo

Produção Administrativa: Marta Metzler

Produção Geral e Marketing: INOVA BRAND

Realização: INOVA BRAND, Ministério da Cultura,

Governo Federal - BRASIL, União e Reconstrução.

Cliente Ourocap tem 50% de desconto na compra dos ingressos. Válido no site Sympla ou no Teatro. Necessário apresentar na bilheteria a comprovação do benefício por meio do aplicativo do Banco do Brasil - Ourocap ou Whatsapp Business da Brasilcap.


Serviço:

TEMPORADA: de 04 de agosto até 29 de outubro de 2023

ONDE: FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado - R. Alagoas, 903 - Higienópolis, São Paulo - SP, 01242-902

HORÁRIOS: sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 18h

INGRESSOS: de R$ 70 a R$ 140

VENDAS E MAIS INFORMAÇÕES:

Bilheteria do teatro - tel.: (11) 3662-7233

SITE OFICIAL DO ESPETÁCULO: www.duetosacomedia.com.br

DURAÇÃO: 80 min / CLASSIFICAÇÃO: Livre





SIGA O NOSSO PORTAL NO GOOGLE NOTÍCIAS




Comments


bottom of page